24/11/14

Um filme giro

"Um lugar especial", com o Morgan Freeman, anda a dar no TVCine. Vi ontem com os miúdos ("este filme é com o Nelson Mandela, mãe?"), nos intervalos dos estudos. História querida e Uma música especial.

23/11/14

Um sítio

Descobri há dias ao acaso um pedaço de rua de Lisboa que cheira tal e qual como o campo em Abrantes. O campo onde eramos piratas, ladrões, exploradores, salteadores, bonecos ou só miúdos. O cheiro da ribeira, sem tirar nem pôr. Melhor com vento. Melhor ainda com chuva. 
É só fechar os olhos estou lá.

17/11/14

Os Maias

Ponto prévio: adorei ler "Os Maias" na escola. Mas adorei mesmo. A construção das personagens, dos sítios, das casas, os pormenores todos. Lembro-me de ficar muito baralhada por ter colegas que não saíam do primeiro capítulo e que se lamentavam da obrigatoriedade da leitura. Tentava convencê-los a avançar, estranhando haver uma diferença tão grande de perspectivas entre o fluir que eu identificava na obra prima de Eça de Queiroz e o sufoco em que eles se viam.

No sábado fui ver "Os Maias" ao cinema. Não gostei e fiquei muito desapontada. A história merecia muito mais.

Ponto final: vou voltar a ler o livro, para voltar às imagens que tinha antes.

12/11/14

O que se ganha na tradução

Em que outro sítio do mundo é que uma frase como:

"Bom dia, quero um pão destes com pouca manteiga, por favor."

Se transforma numa frase como:

"'Dia, sai um sementinhas com um cheirinho de manteiga."?

Somos ou não somos um país de românticos?